Esse não é só um blog de Moda

Na verdade eu sei que muitos de vocês sempre chegaram ao Vou de Cinta-liga em busca de informações de Moda. Eu tô realizada, afinal eu quis isso desde o começo. Mas não é só o que eu quero que esse blog seja.

Comecei a postar lá em 2013, eu tinha 20 anos e muitos sonhos. Era apaixonada por Pin Ups e achava que nunca mais iria mudar de estilo na vida! Até parece que eu já não tinha passado pela fase “Y soy Rebelde” achando a mesma coisa. Fico feliz de poder mudar e mais ainda por nunca ter tido vergonha de quem eu sou. Apesar de todo bulliyng do colégio, sempre tive uma vozinha interna sussurrando que eu não deveria desistir do que eu acreditava, que minha personalidade estava sendo criada e eu só deveria deixar fluir, mas nunca perder a essência.

Então, nesses (quase) 4 anos de blog acredito que eu tenha mudado bastante meu modo de postar, o marketing no Facebook, o design no site, as fotos no Instagram, as minhas roupas do dia-a-dia, as músicas que eu ouço, a forma com que me desenvolvo na frente das câmeras, dentre várias outras coisas. O que na verdade nem deveria ser um espanto, e sim completamente compreensível, afinal a gente muda, e ainda bem.

Faz um ano mais ou menos, que resolvi fazer algumas mudanças no blog. Lembro que resolvi focar apenas em Moda, com notícias sobre a área, mas principalmente posts falando sobre minha faculdade. Foi uma ótima decisão na época, afinal as vezes eu deixava de postar como era no curso para postar coisas sobre outras marcas, outras notícias que na minha opinião todo mundo falava. Passei a notar que poderia falar de algo único e exclusivamente meu. E foi aí que nasceu o TCC, o filme.

Essa série foi criada, editada e vivida exclusivamente por mim. Ninguém mais poderia falar desse assunto da mesma forma que eu, tendo o mesmo conteúdo, os mesmos chorôrôs e vitórias. Era o meu TCC, minhas apostas, minha criatividade em jogo (ou em filme).

Eu passei a entender um pouco mais que essa era a a oportunidade de divulgar algo só meu, quando alguns estudantes de Moda vieram falar comigo, dizendo que eu tinha influenciado eles a entrarem no curso, e se jogarem de cabeça num sonho que nem todos os pais apoiam. Eu tava sendo aquele ombro amigo que eu buscava quando saí do colégio e não sabia pra onde seguir.

Apesar de centralizar meu pensamento em um único foco daquela vez, eu me vi dentro de uma caixa não podendo sair, não podendo falar sobre nada mais porque sempre ouvia “ah, mas teu canal é só de moda, então tu não pode falar de outra coisa”. NÃO! PERAÍ! Eu posso sair dessa caixa, levar a moda comigo, e mostrar que ela esta em vários lugares ainda não explorados.

Moda sempre foi e sempre será pra mim um ponto de vista individual, mas infelizmente massificado pela mídia.

Sempre fui inquieta, e apesar de já ter pensado várias vezes em terminar com esse blog por não querer expôr minha vida pessoal, vocês que estão aí do outro lado foram me dando forças, um retorno que eu jamais esperaria ter.

Apesar de eu falar com orgulho da profissão que eu escolhi seguir, ser formada em Moda hoje nunca trouxe o completo orgulho dos meus pais. Eles sempre quiseram que eu tivesse uma vida estável, fosse concursada e vivesse financeiramente bem (o que provavelmente todos os pais de vocês também querem, é normal). Mas eu vejo que não é só isso, é o simples apoio e orgulho daquilo que eu me tornei. Falta ver tudo que eu batalhei pra chegar aqui, e é isso que eu sinto de vocês, o reconhecimento!

Esse reconhecimento me fez ficar, me fez ver que eu não tava sozinha na frente do computador editando fotos, buscando informações, pensando nas palavras certar pra usar. Vocês tavam ali comigo, rindo das palhaçadas que posto no canal, se identificando com os meus looks ousados do passado e chorando junto nos vídeos do TCC.

 

Esse post é mais uma reflexão, e que na verdade eu to gostando de fazer aqui no blog. É mais um jeitinho da gente se conhecer melhor, colocar os papos em dia, e abrir opiniões. Recebi um feedback muito bacana sobre o último post que escrevi, então acho que ando seguindo no caminho certo.

Sobre os planos? Não fiz. Quero apenas viver dia a dia, tentando, mudando e aproveitando cada fase minha e desse blog.

Agora um beijo que eu vou lá jantar e descansar, afinal tenho todo um 2017 pela frente!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s